Representações sobre Justiça Social

Esta linha de trabalho visa aprofundar o estudo do desenvolvimento humano e das representações sociais sobre Justiça Social que diferentes membros da comunidade educacional possuem: alunos, professores, famílias, gestores e líderes institucionais em diferentes contextos e contextos educacionais e sociais., Político e cultural .

Atualmente a linha concentra sua atuação nas seguintes áreas:

 

  • Representações sobre justiça social com professores e alunos do Ensino Fundamental, Médio, Bacharelado e Universitário desenvolvidas com diferentes metodologias. Por um lado, o uso de dilemas está sendo utilizado para explorar essas representações, o que nos permite conhecer com maior profundidade o que são essas representações, quais são as diferenças, qual é o seu desenvolvimento evolutivo, etc.

  • Infância, cidadania e participação. Um olhar desde a perspectiva das capacidades e da justiça social desde onde trabalha com focus groups de especialistas na gestão de programas que promovem a participação infanto-juvenil na Câmara Municipal de Madrid.

 

  • Narrativas sobre diversidade sexual e de gênero das quais estão em andamento duas teses de doutorado “A partir de (construindo) narrativas do corpo docente LGTBQ +” e “Representações da injustiça. Diversidade sexual e de gênero, narrativas e bullying ”.

Entre os projetos desenvolvidos no âmbito desta linha de trabalho estão:

 

  • “A Educação para a Cidadania no Contexto dos Valores Europeus – A vertente Educativa”. Projecto financiado através da chamada europeia Jean Monnet Networks em que participam 28 instituições europeias.

 

  • “Jovens cidadãos à margem” em que participam universidades de diferentes países: London Metropolitan, University of Patras, Aristotle University of Thessaloniki, Istanbul University, West University of Timisoara e Autonomous University of Madrid.

 

  • Infância, cidadania e participação. Um olhar desde a perspectiva das capacidades e da justiça social desde onde trabalha com focus groups de especialistas na gestão de programas que promovem a participação infanto-juvenil na Câmara Municipal de Madrid.

 

  • Narrativas sobre diversidade sexual e de gênero das quais estão em andamento duas teses de doutorado “A partir de (construindo) narrativas do corpo docente LGTBQ +” e “Representações da injustiça. Diversidade sexual e de gênero, narrativas e bullying ”.

Algumas das publicações e teses geradas a partir desta linha de trabalho são:

  • Albalá-Genol, M. A. (2020). Representaciones y actitudes hacia la Justicia Social de futuros/as docentes: factores implicados y posibilidades de mejora. (Tesis Doctoral). Universidad Autónoma de Madrid, España.
  • Juanes, A. y Jacott, L. (2020). ¿ Qué Piensan Estudiantes de Primaria Bonaerenses y Madrileños sobre la Participación Escolar?. Revista Internacional de Educación para la Justicia Social9(2), 197-217. https://doi.org/10.15366/riejs2020.9.2.010
  • Sainz, V. y Jacott, L. (2020). Diseño y Validación de los Cuestionarios de Representaciones de Justicia Social para Estudiantes de Educación Secundaria (CRJSES) y para Profesores (CRJSP). Revista Internacional de Educación para la Justicia Social9(2), 351-381. https://doi.org/10.15366/riejs2020.9.2.017
  • Sainz-López, V. y Jacott, L. (2020). What Do Secondary Education Students Understand About Social Justice? Students Representations of Social Justice in Different Regions of Spain. Interchange, 1-22. https://doi.org/10.1007/s10780-020-09389-y
  • Albalá-Genol, M. A. y Maldonado, A. (2019). Representaciones de justicia social y orientación a la dominancia social en maestros y maestras en formación. Revista INFAD de Psicología. International Journal of Developmental and Educational Psychology, 5(1), 225-234. https://doi.org/10.17060/ijodaep.2019.n1.v5.1589