Victoria Teijeiro

  • Licenciatura em Interpretação em Artes Dramáticas (RESAD – Madrid)
  • Diploma em Terapia Ocupacional (Universidade da Corunha)
  • Mestrado em Arteterapia e Educação Artística para Inclusão Social (UAM)
  • Pós-graduação em Psicomotricidade (Universidade de Comillas-EIPS)
  • Doutorado no Teatro Inclusivo da UAM

Produce:

  • “A bolsa ou a vida” subsidiada pelo Instituto da Mulher.
  • “Realidades” subsidiadas pela Fundação La Caixa (Arte para melhoria social)
  • “Innómines (Caminho para a Felicidade)” (subvenção ao Tour Nacional do Ministério da Educação e Cultura)
  • “Do invisível” (subsidiado pela AECI e a uma excursão internacional pelo Ministério das Relações Exteriores)

 

 

Professor de Interpretação e Movimento desde 2007: Escolas de Interpretação (Voz Audiovisual, Escola Malasaña, El Almadén …), Ministério da Cultura (Formação de Professores) e Associações de Pessoas com Diversidade Funcional (pessoas com deficiência intelectual, doença mental, deficiência física, dependências de drogas, etc.).

Desde 2012 colabora com diferentes entidades: GRUMICO (Grupo de pessoas com deficiências físicas), ASPRONAGA (ASOC. Pessoas Profissionais com Deficiência Intelectual da Galiza), UDC (Universidade da Corunha), etc. desenvolvimento de oficinas de teatro inclusivo.

2006 – 2012 Fundadora, atriz e produtora de “La Quintana Teatro” (2008 MAX Award pelo programa Revelation por “From the Invisible”), que aborda questões sociais. Realiza trabalhos de: gerenciamento, criação de projetos, busca de financiamento e distribuição.

Prêmio de Melhor Atriz em 2008 no Concurso Nacional Vegas Bajas (Badajoz).

Em 2014, patrocinado pelo SGAE Call for Microentrepreneurs, fundei a La Quinta del Arte (Associação Cultural que defende a Arte pela Inclusão Social), da qual é presidente e gerente principal. Desenvolve diferentes projetos de Teatro Inclusivo, subsidiados pela Delegação da Corunha, Concello de A Coruña e Fundação Emalcsa.

Desde 2017, coordena e dirige o Projeto Inclusivo de Teatro “La Gran Boda”, subsidiado pela Fundação Emalcsa e com o qual está realizando a tese de doutorado “O teatro como processo de inclusão social” (Pós-Graduação-UAM-). Em 2019, ele realizará o “La Gran Boda 2.0”, um projeto de Teatro Inclusivo em colaboração com o National Dramatic Center, no âmbito da III Chamada para Projetos de Cultura Inclusiva (Corunha).

Em 2018, coordena e dirige o Projeto de Teatro Inclusivo “Despertares”, subsidiado na II Chamada de Cultura Inclusiva da Fundação Emalcsa. Faz parte do Grupo de Pesquisa “Mudança Educacional para Justiça Social” da Universidade Autônoma de Madri, Presidente da Unesco 2018. Participa de congressos nacionais e internacionais, como o Terceiro Congresso Internacional de Jovens Pesquisadores (Santiago) ou a Segunda Conferência Bienal da Rede Ibérica de Teatro e Performance (ITPN) (Universidade de Massachusetts).

Atualmente é professora de interpretação na Escola Superior de Artes Dramáticas (ESAD) em Vigo e está em turnê com “From the Invisible”, “Casa O Rey” do Teatro Ibuprofeno e “Castrapo” da Companhia “Os Náufragos”

 

Email: victoria.teijeiro@estudiante.uam.es