Sobre a Cátedra

Em 11 de fevereiro de 2019, Audrey Azoulay, diretora geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), e Rafael Garesse, reitor da Universidade Autônoma de Madri, assinaram um acordo para a criação da “Cátedra UNESCO em Educação para a Justiça Social da Universidade Autônoma de Madri”.

Sua existência é justificada através de dois elementos. Em primeiro lugar, devido à grave situação de injustiça e opressão vivida em todo o mundo. Estamos enfrentando a maior crise de refugiados desde a Segunda Guerra Mundial, a diferença entre as pessoas que têm cada vez mais aumentos, a pobreza extrema ainda existe em muitos países e milhões de pessoas continuam morrendo de fome no século 21, a violência continua gênero, homofobia, racismo, aporofobia e xenofobia, a exploração do trabalho persiste – mesmo crianças – e o tráfico de seres humanos. A destruição da biodiversidade está progredindo sem parar e a mudança climática já é um fato sem tomar medidas para revertê-la.

E, segundo, pela convicção de que a educação pode contribuir para modificar essa situação. Se – como Nelson Mandela disse – “a educação é a arma mais poderosa para transformar o mundo”, vamos transformar a educação para alcançar uma sociedade mais justa, equitativa e inclusiva.

Dessa maneira, a Cátedra tem como objetivo contribuir para a criação de uma sociedade mais justa por meio da educação: uma Educação na e a partir da Justiça Social. Esse objetivo é especificado em uma série de objetivos, acordados entre a UNESCO e a Universidade Autônoma de Madri, focados em quatro elementos complementares:

    • Pesquisa interdisciplinar de alta qualidade.
    • Desenvolvimento de uma Educação para a Justiça Social através do desenvolvimento de materiais didáticos e da promoção de ações de inovação em centros educacionais e educação não formal.
    • Formação de professores e especialistas em Educação para a Justiça Social.
    • Divulgação de documentação, pesquisa e recursos em Educação para a Justiça Social.
Objetivos
Equipe de Pesquisa e Ensino

Para alcançá-los, o presidente é formado por uma grande equipe de pesquisa e ensino, composta por 78 acadêmicos da Universidade Autônoma de Madri, além de diferentes colaboradores de outras universidades e centros de ensino.

De acordo com seus objetivos, o Presidente está organizado em quatro áreas:

Investigaçao
Inovação e Desenvolvimento
Formaçao
Disseminação

As atividades da Cátedra são apoiadas e baseadas em seu trabalho colaborativo e redes. Dessa forma, por um lado, promove e participa com outras organizações em diferentes redes de trabalho e, por outro, colabora estreitamente com outras instâncias nas relações bilaterais.

Trabalho colaborativo e redes

Atualmente, concentra suas ações em oito linhas de trabalho interdependentes:

Segregaçao escolar
Democracia na educaçao
Aprendizagem-Serviço
Alfabetização socioecológica para a Justiça Social
Avaliação educacional para Justiça Social
Representações sobre Justiça Social
Arte e participação
Cultura de paz e cidadania global

Um resumo das ações realizadas em cada ano pode ser encontrado nos seguintes Relatórios Anuais:

Relatorório 2019 (em espanhol)