Diego S. Garrocho

Diego S. Garrocho Salcedo nasceu em Madri em 1984. Ex-aluno do I.E.S. Cervantes, é professor da Área de Ética e Filosofia Política do Departamento de Filosofia. Doutor em Filosofia Internacional pela Universidade Autônoma de Madri, completou seu treinamento na França, na Université de la Sorbonne (Paris-IV), e conduziu estadas de pesquisa nos Estados Unidos, no Boston College e no Massachusetts Institute of Technology (MIT) . Nos últimos anos, lecionou disciplinas como Ética, Filosofia Política, Políticas de Diferenças, Identidades Culturais Europeias ou Teoria do Conhecimento e adquiriu responsabilidades de ensino em instituições como a Escola de Filosofia, o Centro de Estudos de Garrigues ou o Instituto Europeu de Humanidades entre outros.

Como pesquisador, publicou em revistas nacionais e internacionais de Filosofia, como Leituras Filosóficas, Universitas Philosophica, Pensitas, Éndoxa ou Azafea e participou de diferentes projetos de pesquisa competitiva. Diego S. Garrocho é o autor das monografias sobre nostalgia. Damnatio Memoriae (Alliance: 2019) e Aristóteles. Uma ética de paixões (Avarigani: 2015). Ele também coordenou a edição dos volumes Sócrates. A morte do homem mais justo (Avarigani: 2015) e Europa: Tradição ou projeto (Abada: 2013) com os professores Zamora e Rocco, respectivamente. Da mesma forma, ele colaborou com contribuições em outros volumes, como Humanismo e Animalismo (Arena Books: 2012) e acompanhou Jorge Pérez de Tudela na edição Pardonner. L’impardonnable et iimprescriptible por Jacques Derrida em espanhol, com o ensaio “Aporéticos del Perdón”.

No campo da transferência científica, publicou artigos na imprensa generalista (EL MUNDO, EL ESPAÑOL, PÚBLICO, EL CONFIDENCIAL). Desde 2013, ele dirige a Index Magazine, editada pelo National Statistics Institute, e desde 2018 é membro do Conselho de Administração da Actuaries Magazine. Garrocho é Coordenador do Mestrado em Crítica e Argumentação Filosófica, juntamente com o Sr. Sánchez Usanos, Secretário Acadêmico do Departamento de Filosofia, Diretor da Escola UAM-DEMOSPAZ e membro da Cátedra Unesco de Educação para Justiça Social da Universidade Autônoma de Madrid