Defesa da próxima tese: Criando democracia nas escolas. Um estudo etnográfico sobre poder, comunidade e educação

Em 17 de outubro de 2019, Guillermina Belavi defendeu, na sala de reuniões da Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade Autônoma de Madri, sua tese de doutorado intitulada “Criando a democracia nas escolas. Um estudo etnográfico sobre poder, comunidade e educação ”, dirigido por F. Javier Murillo e Carlos Giménez. Esta tese foi desenvolvida no âmbito do projeto de pesquisa em pesquisa e desenvolvimento “Democracia nas escolas como fundamento de uma educação para a justiça social” (Ref. EDU2017-82688-P). Em seguida, Guillermina Belavi faz uma breve descrição do estudo:

“Esta tese trata sobre democracia e educação. Entra nas escuelas para indagar e interpretar o núcleo da política: criar um relacionamento com a comunidade, criar um conjunto de poder e educar o aluno. É um estúdio da cultura escolar de centros que trabalha cotidianamente por um objetivo educacional definido coletivamente e desde que todos os sentidos e realidades são iguais à mesma, libertados e solidários dentro da comunidade educativa. Nós incluímos uma lista de tarefas diárias no projeto diário, de modo que a tese remonta aos órgãos do tema e retoma a tradição de Dewey que considera a democracia como uma forma de vida. Sirene a pensão de Cornelius Castoriadis, adémás, elabore o elemento político al concepto, incorporando uma visão crítica, questionamento e transformação da educação. ”

tesis Guille

Related Posts